Prefeito e Lideranças de Altônia recebem representantes da Cáritas: Não Francking

O Prefeito Amarildo Novato recebeu ao gabinete o Presidente da CÁRITAS DO PARANÁ e Coordenador da COESUS (Coalizão Não FRACKING no Noroeste do Paraná) 350.org, Reginaldo Urbano Argentino que acompanhado do Secretário da CÁRITAS Diocesano de Umuarama Marcel Ribeiro falou sobre os perigos da extração do XISTO.

Essa extração do Xisto conhecida como FRACKING, ou fraturamento hidráulico, é a tecnologia usada e que é altamente poluente e provoca a contaminação da água, solo e ar, eliminando a biodiversidade e causando o impedimento à produção e desenvolvimento agrícola.

De acordo com Reginaldo mesmo com tantos perigos, o governo brasileiro insiste em adotar o fracking como alternativa energética, altamente poluidora e danosa aos ecossistemas, contaminando a água, o solo, o ar e intensificando as mudanças climáticas. Ainda de acordo com o Presidente da CÁRITAS DO PARANÁ, essa campanha NÃO FRACKING BRASIL, foi criada em 2013 para impedir a exploração do gás xisto através do fracking, procurando evitar os desastrosos danos ambientais no país. Com o engajamento da 350.org/Brasil, a campanha tem por objetivo de informar e mobilizar a sociedade civil, acadêmica, gestores públicos e setores produtivos para bloquear a entrada do faturamento hidráulico no Brasil.

Reginaldo urbano lembra que toda comunidade pode participar, promovendo debates, propondo e participando de audiências públicas, apoiando ações civis públicas, buscando apoio político para a causa (e por isso esse encontro em Altônia), curtindo e compartilhando as ações da campanha na internet, acessando as redes sociais, facebook/NÃO FRACKING BRASIL, TWITTER@NAOFRACKINGBr e 350.org.

Nesse encontro em Altônia, além dos representantes CÁRITAS estiveram presente o Vice-Prefeito Denilson do Detran, Vereadores Laércio Escola e Valdez Donizete Fabri (Presidente da Câmara) e representantes da Sociedade Civil como Lideranças Comunitárias, tendo como objetivo principal o esclarecimento ao Executivo e Legislativo e as Lideranças sobre a proposta de criação de lei municipal para proibição do FRACKING no município.

O Prefeito Amarildo Novato salientou que tudo que estiver ao alcance da administração será feito para que possa haver uma proteção a todos através de lei que venha tirar qualquer risco de prejudicar essa e as futuras gerações altoniense. O mesmo compromisso foi assumido pela Câmara de Vereadores nas palavras do Presidente Valdez.

DSC04197 DSC04188 DSC04191DSC04194

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *